A Turma da Savassi

A Turma da SavassiQuixote + DO Editoras Associadas
Projeto gráfico: Caroline Gischewski

Elevada ao status de bairro depois de ser desmembrada do Funcionários, em 2006, a antiga região da Savassi, em Belo Horizonte, surgiu de uma praça cujo apelido foi herdado da panificadora mais conhecida da cidade. Em torno dela, no início dos anos 1940, formou-se a Turma da Savassi, que por duas décadas reuniu jovens festeiros e briguentos que fizeram fama. Se a padaria deu nome à turma, há quem diga que foi a turma que popularizou o nome e também a região que virou bairro. Em “A Turma da Savassi”, o autor conta a história da padaria, da famosa praça e dos jovens daquela época, ressaltando aspectos da BH bucólica do tempo dos bondes e dos cinemas de rua, entre eles o Pathé. O livro inclui um CD com músicas de Pacífico Mascarenhas e um bônus, intitulado “Savassiar”, parceria de Luiz Enrique com o autor, que a interpreta juntamente com a filha, Bárbara Vilaça.

Fortuna Crítica

“Seu livro é uma pequena joia, indispensável aos belo-horizontinos interessados na história da cidade ou mesmo nessa juventude que, como eu, cresceu sem tevê nem rede social” – Lucas Mendes, Globo News, 2018.

“Usando como ponto de partida a história da Turma da Savassi – grupo de jovens que ficou conhecido nos anos 1940 por se reunir entre as avenidas Cristóvão Colombo e Getúlio Vargas – , a obra consegue esmiuçar de forma fascinante a origem do bairro” – Jornal Metro BH, 2018.

“Livro promove viagem no tempo para reviver uma fase de ouro da história da cidade e resgata, por meio de casos de um grupo de amigos, os primórdios da Savassi” – Jornal Pampulha, 2018.

“O jornalista Jorge Fernando dos Santos traz mais detalhes dessa história (do bairro Savassi), recordando personagens fundamentais nesse processo e o contexto histórico da capital mineira, com destaque para o período entre os anos 30 e 60” – Carlos Andrei Siquara, O Tempo, 2018.

“Assim a obra se faz um inventário afetivo, que ajuda a formatar a ‘viagem sentimental” proposta pelo escritor” – Thiago Pereira, Hoje em Dia, 2018.

“Esse livro tem muita coisa de memória, muita coisa de fato. Fez uma pesquisa muito interessante o Jorge Fernando, entrevistando muitas pessoas… Para quem se interessa pela história de BH, sobretudo pela história dos bairros da Savassi e Funcionários, eu acho que é uma leitura que vale a pena” – Luís Giffoni, programa Clube do Livro BH, rádio CBN, 2018.

“Caros Jorge Fernando e Pacifico, parabéns pelo livro sobre a Savassi. Se outros importantes bairros de outras cidades tivessem pessoas como vocês, que maravilha seria” – Ruy Castro, 2018.

Voltar

4670221

 

Regina Duarte: a “namoradinha do Brasil” celebra 50 anos de carreira | Sem Censura | TV Brasil | Notícias

Veja a página do livro

Desconcerto

Deu RAP na Embolada

Dupla Sertaneja

Escala Diatônica

O Cravo e a Margarida

Orquestra Animal

Família Cordofônica

Percussionice

Rock do piano