O dia em que não conheci Drummond

Certa vez - e lá se vão mais de duas décadas - eu estava passeando no Rio de Janeiro quando João Felício dos Santos, o grande autor de Xica da Silva, convidou-me para comparecer a uma reunião na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI). Na verdade, ele queria me apresentar a Carlos Drummond de…

Continuar lendo O dia em que não conheci Drummond

A galinha mágica

Às vésperas do lançamento do meu livro Caiçara, que integra a coleção BH. A cidade de cada um, da Conceito Editorial, tive um fim de semana simplesmente estressante. Meu parceiro musical e grande amigo Francisco Saraiva, vulgo Chico Metralha, convidou-me para emendar o feriado de 15 de agosto, sexta-feira, na fazenda que foi do seu…

Continuar lendo A galinha mágica

Aquilo deu nisso – 5

Sem partido (Paródia de "Sem compromisso", de Geraldo Pereira e Nelson Trigueiro)   Você só vota com ele E diz que é do meu partido Assim me sinto traído Eu vou é dar um piti Propina pouca é real Não faça papel de honesto Pra não haver mais protesto nem CPI   Quando o…

Continuar lendo Aquilo deu nisso – 5

Algemas para quem precisa

O Supremo Tribunal Federal está muito preocupado com a humilhação sofrida pelos presos, que são obrigados a usar pulseiras de aço no ato da captura pela polícia e, em alguns casos, durante o julgamento nos tribunais. Agora, as algemas só serão permitidas em casos excepcionais. Curioso é que se trata de uma prática absolutamente…

Continuar lendo Algemas para quem precisa

Aquilo deu nisso – 4

Trenzinho da Alegria (Paródia do "Trenzinho do Caipira", de Villa-Lobos e Ferreira Gullar)   Lá vem o trem da alegria Já vem roubando o Brasil País da hipocrisia De um povo cordato e gentil   Lá vem o trem de Brasília Esfinge da embromação Decifram no Legislativo No Executivo A corrupção   E mentem…

Continuar lendo Aquilo deu nisso – 4

Saudades do Elias José

Segunda-feira, dia 4 de agosto de 2008, acordei às 10h com o telefone tocando insistentemente. E que nenhum leitor fique pasmado, pois estou deitando e me levantando cada vez mais tarde, a não ser quando tenho alguma obrigação pela manhã, do tipo palestra, viagem ou reunião de negócios. Pulei da cama, coisa que raramente faço…

Continuar lendo Saudades do Elias José