A Teia

O tempo tece a teia
feito aranha invisível
e, quando se vê preso
no seu próprio fio,
a si mesmo desfia
num gesto intraduzível.

O tempo é Penélope:
à noite desfaz o que fez de dia.
Sua espera é para sempre
e, enquanto espera, fia.


Voltar

4670221

 

Regina Duarte: a “namoradinha do Brasil” celebra 50 anos de carreira | Sem Censura | TV Brasil | Notícias

Veja a página do livro

Desconcerto

Deu RAP na Embolada

Dupla Sertaneja

Escala Diatônica

O Cravo e a Margarida

Orquestra Animal

Família Cordofônica

Percussionice

Rock do piano