(Zécarlos Lássi/Jorge Fernando dos Santos), com Zécarlos Lássi

Clique e ouça em MP3

Na solidão de um samba triste
Sei que a ilusão ainda resiste
Em cada acorde junto ao peito
Meu violão insatisfeito fala coisas do amor

Toda canção que eu canto alegre
Tem no refrão, embora eu negue,
Em cada nota o mesmo traço
Bem no compasso da paixão

Vida de cantor é falar de dor e amor
Talvez chorar por alguém que partiu
Seja lá como for
Eu canto esse meu canto, um canto triste
Que ninguém jamais ouviu, viu?

Meu coração fica mais leve
Quando a canção enfim descreve
Em cada verso uma esperança
De encontrar um novo amor
De conquistar um novo amor…


Voltar