Metáfora do fim do mundo

Jorge Fernando dos Santos* No mundo apocalíptico não há lugar para solidariedade. Desolação e medo é tudo o que resta. Pai e filho são dois pontos que se movem na paisagem calcinada, rumo a lugar nenhum. Fugir e sobreviver é o que importa, mesmo que para isso seja preciso matar. Afinal, os “homens do…

Continuar lendo Metáfora do fim do mundo