"Preciso ser franco:
Tudo o que já escrevi
são folhas em branco."

"Eu sempre tive
o jornalismo como
profissão, a literatura
como devoção
e a música
como aspiração."

"Viver de literatura no Brasil é viver perigosamente.
Nossos índices de leitura estão
entre os piores do mundo.
Isso é o resultado de um sistema de ensino
deficitário, que forma analfabetos funcionais.
Mesmo assim, eu insisto.
Não sei e não gosto de fazer outra
coisa que não seja escrever."

previous arrow
next arrow
Slider

Roberta Molina, Paulos Live, 2020

4670221

 

Regina Duarte: a “namoradinha do Brasil” celebra 50 anos de carreira | Sem Censura | TV Brasil | Notícias

Veja a página do livro

Desconcerto

Deu RAP na Embolada

Dupla Sertaneja

Escala Diatônica

O Cravo e a Margarida

Orquestra Animal

Família Cordofônica

Percussionice

Rock do piano