O porco leva a fama

A influenza norte-americana, nome correto segundo a OMS para a gripe suína, demonstra a fragilidade do sistema de saúde pública no mundo globalizado. A desigualdade de condições de vida entre os países de Primeiro e Terceiro Mundo é a principal causa dos riscos de uma pandemia de proporções catastróficas. Vale lembrar que em plena Idade…

Continuar lendo

Legal mas imoral

O Congresso Nacional parece uma usina de escândalos, pois toda semana estoura uma bomba nos ouvidos do contribuinte. A imprensa cumpre o seu papel, mas os políticos fingem que nem é com eles. Depois da farra do cartão corporativo e da notícia de que a filha do senador Tião Viana, do PT, gastou R$…

Continuar lendo

As drogas e a hipocrisia

A questão das drogas tem dois ou mais lados a serem considerados. Primeiro, o tráfico com todas as suas implicações, como violência, corrupção e impunidade. Segundo, o uso das drogas propriamente dito, que leva indivíduos à dependência, famílias à desestruturação e o Estado a gastar - ainda que modestamente - com a reabilitação de viciados. O problema crucial, no…

Continuar lendo

Desvario em tempos de crise

Pelo visto, no que depender da classe política brasileira, o país jamais se recuperará dos efeitos da crise econômica que abala o mundo. Depois de bravatear em torno do tema, chamando o tsunami de "marolinha", o presidente Lula finalmente anunciou ações concretas para o PAC, pacote anteriormente alardeado sem causar efeitos reais na economia nacional. Essa…

Continuar lendo

Crise musical

Há algum tempo venho observando a decadência musical brasileira. Decadência não no modo de fazer boa música (pois tem muita gente de valor na estrada), mas na quantidade de porcaria que a maioria das pessoas ouve - e obriga os outros a escutarem. Esse é o resultado da falta de educação musical nas escolas…

Continuar lendo

Os escritores e seus livros

Uma coisa é o escritor, outra coisa é o livro. Embora muitas vezes a crítica e o leitor comum confundam os dois, nunca é demais ressaltar que o autor e a obra são autônomos e que devem ser julgados conforme suas qualidades intrínsecas. Portanto, não se deve exigir coerência do escritor, mas analisar sua obra…

Continuar lendo
Fechar Menu

4670221

 

Regina Duarte: a “namoradinha do Brasil” celebra 50 anos de carreira | Sem Censura | TV Brasil | Notícias

Veja a página do livro

Desconcerto

Deu RAP na Embolada

Dupla Sertaneja

Escala Diatônica

O Cravo e a Margarida

Orquestra Animal

Família Cordofônica

Percussionice

Rock do piano