Finalista do Prêmio Brasília de Livros para Crianças e
Jovens em 2012
Primavera dos Mortos
Atual Editora
Ilustrações: Alexandre Camanho

Uma enxurrada arrastou Leôncio e sua cunhada Gláucia para a morte prematura. Essa foi a história contada em Morro do Calvário após uma tempestade castigar o lugarejo. O suposto acidente seria esquecido, não fosse uma pista inconveniente aflorar três anos depois, indicando um duplo assassinato. Como explicar o buraco de bala encontrado no crânioda mulher, e qual seria o verdadeiro relacionamento entre ela e o cunhado?
Na árdua tarefa de investigar o mistério, o delegado Galeno Valadares se vê diante do silêncio obstinado de todos os que conheciam as vítimas. Transferido da capital por discordar da ditadura militar que então governa o país, ele logo percebe que os habitantes da pacata cidadezinha guardam segredos, muitos segredos. Esse é o enredo da nova novela do autor premiado de Palmeira Seca.

Crítica

"Primavera dos Mortos é contada por nove personagens, cada qual com sua característica e ponto de vista, além de um narrador em terceira pessoa. Dez narradores, portanto. Um desafio que o autor vence e convence com as soluções apresentadas. Além disso, o livro trabalha a história recente do Brasil, durante a ditadura militar, e adiciona um tempero de realidade e crítica. O resultado final é uma boa leitura. Literatura é isso. Qualidade. Sem rótulo. Para jovem ou para adulto" - Luís Giffoni, programa Livro no Ar, rádio Bandnews, 2011.