As duas faces de Fidel

Participei de um encontro internacional de críticos literários em Manaus, em 1991, a convite do Instituto Nacional do Livro (INL). Na ocasião, conheci jornalistas de vários países. Fiquei muito próximo de um representante de Cuba, cujo nome não me recordo. Nas refeições, o jovem periodista empilhava bifes de boi no prato. Na última noite,…

Continuar lendo

PROFECIA Nº 2

A palavra ecoa a construção de Babel, o ruído das vozes dentro da torre. Por isso a comunicação é impossível, pois cada alma tem seu próprio idioma e está aprisionada num corpo transitório. Mas chegará o tempo em que falaremos em pensamento apenas o necessário; e todas as discussões serão inócuas; e todos os…

Continuar lendo

PROFECIA Nº 1

Chegará o dia em que a rede entrará em colapso e os Face's da vida sairão do ar por tempo indeterminado; em que o WhatisApp será de fato impossibilitado e os celulares, desligados para sempre. E assim, os amigos voltarão a se encontrar, a olhar nos olhos, a conversar ao vivo e a cores…

Continuar lendo

A política no banco dos réus

A eleição de Donald Trump para a Presidência dos Estados Unidos é mais uma prova de que a figura do político tradicional está mais desgastada do que nunca. No Brasil, ocorreu o mesmo fenômeno nas eleições para prefeito. Venceram Kalil em BH, Crivella no Rio e João Dória em São Paulo, todos com o…

Continuar lendo

O equívoco das ocupações

Ocupar estabelecimentos de ensino para protestar contra a PEC 241/2016 é direito dos estudantes, embora muitos façam isso por detestarem as aulas. Contudo, é preciso lembrar que a cada direito corresponde um dever e que o direito de um termina onde começa o do outro. Além de impedir a realização das aulas em pleno…

Continuar lendo

O Nobel de Bob Dylan

A mais nova polêmica nos meios literários é o Prêmio Nobel de Literatura concedido ao compositor americano Bob Dylan. Para início de conversa, devo dizer que sou fã do laureado, mas definitivamente acho a premiação equivocada. Mesmo influenciado pelos grandes nomes da beat generation, Dylan é músico e não poeta. O saudoso Fernando Brant…

Continuar lendo

Mil cavalos por um reino

Em tempos de crise política vale refletir sobre o passado e o futuro do Brasil. Todo mundo sabe que a República brasileira não deu certo desde as suas origens. Aliás, a proclamação não foi nada democrática. Resultou de um golpe de estado das oligarquias com apoio das Forças Armadas e de intelectuais positivistas. Seja…

Continuar lendo

Biógrafos no banco dos réus

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para a próxima quarta-feira, 10 de junho, o julgamento da constitucionalidade das biografias não-autorizadas. Os juízes vão decidir sobre a Ação Direta de Inconstitucionalidade impetrada pela Associação Nacional dos Editores de Livros (Anel) contra liminares que visam proibir esse tipo de publicação. Os editores nacionais contestam o Artigo…

Continuar lendo

Polícia para quem precisa de polícia

Enquanto o atentado terrorista contra a redação do tabloide satírico Charlie Hebdo, em Paris, repercute em todo o mundo, eu me pergunto qual teria sido a reação da mídia e do público se a tragédia tivesse ocorrido no Brasil. Recentemente, a ONU divulgou que 10% dos assassinatos cometidos no planeta ocorrem por aqui. Apesar…

Continuar lendo

A verdade dos fatos

Repercutiu sobremaneira o oportuno artigo da professora da UFMG, Angela Carrato, publicado no Observatório da Imprensa, sobre o apoio de jornais mineiros à candidatura de Aécio Neves à presidência da República. Contudo, ouso dizer que o fantasma da censura e do apoio partidário não se faz presente apenas nos jornais, mas – infelizmente –…

Continuar lendo
Fechar Menu

 

Regina Duarte: a “namoradinha do Brasil” celebra 50 anos de carreira | Sem Censura | TV Brasil | Notícias

Veja a página do livro

Desconcerto

Deu RAP na Embolada

Dupla Sertaneja

Escala Diatônica

O Cravo e a Margarida

Orquestra Animal

Família Cordofônica

Percussionice

Rock do piano